Clínica Infantil Indianópolis

Feedback : Tratamento paciente Julia Yumi Kimura

Julia, nasceu em julho/2010 e até os 6 meses alimentou-se exclusivamente de leite materno.Aos 7 meses, sua mãe precisou voltar ao trabalho e deixamos ela no berçário.Logo de início começaram as primeiras crises, viroses e infecções não muito graves até então.
Fazíamos o acompanhamento em uma clínica de Puericultura e sempre que levávamos a Julia com algum sintoma como catarro, tosse entre outros o pediatra não dava medicamentos para combater os sintomas. Apenas dizia que tudo era normal por conta do contato com outras crianças na escolinha. 
Em março/2011 a Julia teve uma série de visitas a Prontos-socorros e em uma delas ela foi internada com um quadro de broncopneumonia.
A partir daí ficamos perdidos e com medo desse quadro se tornar repetitivo e a pedido do médico do Hospital em que a Julia foi internada, procuramos um pneumologista. Como não tínhamos nenhuma referência procuramos um particular.. Fomos numa clínica em que a médica tb não deu grande valor ao quadro da Julia e apenas receitou um medicamento para no nariz chamado Rilan. 
Em paralelo a consulta particular, ficamos sabendo que o Dr. Bonomo atendia pelo convênio no Hosp. Edmundo Vasconcelos e por indicação marcamos uma consulta.  
Na primeira consulta, depois que contamos o que a Julia passava, ele despejou uma série de informações que a princípio nos deixaram ainda mais confusos. Nos sentimos muito incomodados com o quadro que ele relatou.. Entre outras coisas, pediu exames diversos e afirmou que a Julia tinha refluxo e também que ela precisaria tomar uma vacina diariamente. 
Saímos do hospital decididos a não fazer o acompanhamento e ao relatar os procedimentos aos outros médicos que já estavam acompanhando a Julia os mesmo também julgaram que não seria necessário as condutas sugeridas pelo Dr. Bonomo. 
O fato é que a Julia não melhorava e em 2 semanas decidimos fazer todos os exames que o Dr. Bonomo sugeriu, entre eles a Cintilografia para pesquisa de refluxo e para nossa surpresa o resultado foi positivo. 
Diante disso, iniciamos o tratamento a longo prazo que consiste basicamente em: 
Substituir leite normal por leite de soja
Tomar singulair baby todos os dias
Tomar vacina bacterianos todos os dias 2 vezes. 
Desde março/abril estamos seguindo a risca esse tratamento.
A Julia teve infecções nesse período e por 3 vezes precisou ser medicada com antibióticos.Também teve novamente um quadro de broncopneumonia (dessa vez mais leve) que foi controlado com medicações. 
O fato positivo é que não foi necessário mais interna-la, ou seja, nada de mais grave ocorreu. 
O tratamento é caro para nossos padrões mas parece estar surtindo efeito, diante disso continuamos até segunda ordem. Para diminuir os custos, procuramos pegar o leite pelo programa Dose Certa, o que ajuda na parte dos custos. 
O fato do tratamento ser caro e a estabilização do quadro de minha filha me faz pensar em fazer um teste e parar com o tratamento por um período controlado, mas o Dr. Bonomo desencorajou-nos a fazer isso antes de 2 anos completos. (Hoje ela está com 1 ano e 4 meses). 
Em resumo, procuramos seguir o tratamento a risca para diminuir as chances de um quadro mais sério na Julia. 

  Paulo Kimura  Security Office  Tel. 5511 2847-8887  paulo.kimura@br.experian.com  serasaexperian.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *