Clínica Infantil Indianópolis

Kosher Parve – Alimentação isenta das proteínas do leite

“Kosher-Parve” –  Alimentação isenta das Proteínas do Leite

Alimentação Kosher

Kosher é a definição dada aos alimentos preparados de acordo com as leis judaicas de alimentação (denominada de kashrut) e encontradas na Bíblia Sagrada ou na Torá. Os alimentos Kosher não são somente adquiridos por judeus, mas também por muçulmanos, adventistas, vegetarianos e outros consumidores que simplesmente consideram subjetivamente o alimento Kosher como sendo de alta qualidade.

Devido à alta qualidade dos produtos e processos, nossos produtos no Brasil foram certificados Kosher, podendo assim atender aos requisitos da comunidade judaica.


O que é?

O Certificado Kosher é um documento emitido para atestar que os produtos fabricados por uma determinada empresa obedecem as normas específicas que regem a dieta judaica ortodoxa. Ele é mundialmente reconhecido e atribuído como sinônimo de controle máximo de qualidade.

O processo de emissão para um Certificado Kosher depende da colaboração e total transparência nas informações que serão permutadas entre ambas: a empresa que fabrica o produto e a entidade judaica que emitirá o documento.

Na primeira etapa deste procedimento, uma pesquisa minuciosa é realizada para levantamento de dados sobre os ingredientes que compõe os produtos (componentes, fluxograma e lista de fornecedores), bem como o processo de fabricação empregado (sistema de caldeiras, vapor, planta da fábrica, etc.). Esta pesquisa é realizada via fax, fone e/ou e-mail, onde todas as informações obtidas vão sendo preenchidas e documentadas, em caráter sigiloso, pelo departamento de cashrut responsável pela pesquisa e, se tudo estiver de acordo, com a provável emissão do certificado.

Na segunda etapa, após ter sido constatado que o produto (ou produtos) em questão preenchem as normas da dieta casher, é agendada uma visita de um rabino ortodoxo à fábrica, para que o produto possa ser aprovado. Sem a avaliação de um rabino ortodoxo, perito neste assunto, um Certificado Kosher jamais poderá ser emitido.

O rabino deverá ser acompanhado na fábrica por uma pessoa que responda por todos os detalhes no processo de fabricação. Geralmente esta tarefa é realizada pelo gerente de produção ou gerente de qualidade. Inclusive deve possuir uma ampla visão do planejamento estratégico da empresa (previsão de lançamento de novos produtos e seus prazos, planejamento de testes de outros produtos em determinada linha de produção, se já houve, há ou haverá terceirização de alguns produtos dentro e/ou fora da empresa, etc.).

Os produtos continuarão sendo acompanhados periodicamente para que continuem a preencher todos os requisitos que o tornam apto para o recebimento de certificado Kosher.

O mesmo possui validade internacional de um ano, a vigorar a partir da data na qual é emitido, e poderá ser renovado ao final deste prazo, mediante nova visita do rabino à fábrica.

Um ponto fundamental que deve ser salientado é uma relação de total transparência que deve ser mantida entre a empresa fabricante e a entidade judaica que aprova o consumo de seu produto para a comunidade judaica. No caso de haver qualquer alteração dos ingredientes ou no processo de fabricação, estes deverão ser imediatamente comunicados ao departamento de cashrut responsável, sob pena de perda de confiabilidade e anulação do certificado.

Selos de Supervisão

O selo Kosher é exigido sempre que necessário. Por exemplo: na produção de leite e seus derivados, panificados e enlatados os quais necessitam a participação de um yehudi observante para garantir que os mesmos sejam Cholov, Pás Bishul Israel, (Por exs.: Atum, sardinha, palmito, milho, ervilha etc.: Os mesmos são feitos com a supervisão e presença de um masguiach e são Bishul Yisroel. Biscoitos com selo: Os mesmos também tem a supervisão e a presença de um mashguiache são Pas Yisroel) ou quando se faz imprescindível um controle especial para assegurar o kashrus de todos os ingredientes e aditivos (ex.: gorduras, aromas, corantes etc.) e que foram produzidos em equipamentos livres de problemas de kashrus.
Para conscientizar o público em geral, confeccionamos recentemente selos diferenciados, que já estão sendo utilizados em alguns produtos. 

Kosher parve


“A palavra Parve é um indicador de que o produto não contem ingredientes lácteos”. Quando é usado a palavra Parve num produto kosher, indica que o produto do não contem nenhum ingrediente derivado de leite. O ovo não é considerado derivado de leite.
A designação Parve é importante para pessoas com reações alérgicas as proteínas do leite. Os pediatras e médicos alertam seus pacientes sobre os benefícios dos alimentos Parve, para evitar reações perigosas mediante a ingestão de mínimas quantidades de proteínas do leite. Do mesmo modo, as pessoas com intolerância a lactose também se beneficiam com os produtos Parve.
Além disso os produtos Kosher para Pessach (páscoa judaica) são indicados para pessoas sensíveis ao glúten presente em muitos cereais. A designação do Kosher para “Pessach é uma garantia de que nenhum grão de cereal ou seus derivados não descritos na composição estão presentes no produto”.

Literatura retirada dos sites: http://www.bka.com.br e http://www.artigonal.com

* Locais onde podem ser encontrados os produtos Kosher:

– Padaria Kosher 100% dos produtos isentos de leite e contaminação cruzada

http://www.kosherdelight.com.br/

Rua Baronesa de Itu, 436 – Higienópolis – S. Paulo – Brasil

– Mercado que possui produtos Kosher Parve (atenção com o Selo)

http://www.superk.com.br/hotsite/

Rua Traipú, 66 – Pacaembu
São Paulo – Sp
Próximo a Av. Pacaembu

– Restaurante e buffet de comidas isentos de leite e contaminação cruzada

http://www.buffetnaguila.com.br/

Endereço: Rua Dr Gabriel dos Santos 167

– Mercado que possui produtos Kosher Parve (atenção com o Selo)

All Kosher

Alameda Barros 391 – Higienopólis

– Mapa com produtos e locais onde encontrar produtos kosher em São Paulo.

http://www.koshermap.com.br/

Obs:  para maiores detalhes consulte também o artigo “ Se é verdade que se morre pela boca, o leite de vaca é a maior prova”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *