Clínica Infantil Indianópolis

O LEGADO PROBIÓTICO E DOS LISADOS BACTERIANOS

Autor: Rubens Tadeu Bonomo

 Na última década, os probióticos e os lisados bacterianos têm sido um dos principais alvos de estudo, com perspectivas animadoras em termos preventivos e como adjuvantes nos tratamentos das doenças. Os produtos industrializados, denominados biológicos ativos, constituídos por algumas das principais bactérias que compõem a nossa microbiota (flora) intestinal, com propriedades reconhecidamente homeostásicas, são referenciados como probióticos e os que vem associados à prebióticos, são chancelados como simbióticos. Existem, pois, os biológicos ativos probióticos e os biológicos ativos simbióticos.

E os que guardam na composição um preparado de dissolução das bactérias responsáveis por infecções relacionadas principalmente com o comprometimento do aparelho respiratórias, são designados como lisados bacterianos, característica que confere um poder imunogênico considerável e, praticamente, os isenta de reações adversas, pelo menos, as que motivam a interrupção do tratamento.

Clique aqui e baixe o artigo completo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *